Noticia Regional

Paysandu sofre, mas vence o Galvez e avança

18/03/2017 01:00:57

O Paysandu garantiu classificação para a segunda fase da Copa Verde 2017. Os bicolores, que precisavam vencer por qualquer placar o Galvez-AC, tiveram dificuldades, mas conseguiram superar o adversário e confirmar a vaga com placar de 2 x 0. Veja como foi o lance a lance!

 

Em um primeiro tempo fraco tecnicamente, o Papão abriu o placar com um golaço de Diogo Oliveira. A vitória veio na etapa final, quando Bergson, nos minutos decisivos, marcou outro belo gol e fechou a conta na Curuzu. 2 x 0.

 

 

 

Agora, o Paysandu volta as atenções para o Campeonato Paraense. Na próxima terça-feira (21), às 20h30, no Estádio Barbalhão, em Santarém, o Lobo jogará contra o São Francisco, pela oitava rodada do Parazão.

 

O JOGO: O Paysandu teve um primeiro tempo sem grande brilho técnico, mas com futebol suficiente para sair de campo com vitória parcial frente a um Galvez que veio disposto a jogar na chamada “uma bola”.

 

O começo, porém, foi difícil para o Bicola, que não conseguiu se encontrar em campo e careceu de criatividade no setor de meio de campo. Os acreanos, no contra-ataque, até chegaram a assustar, principalmente com a dupla Ciel e Tiaguinho.

 

Se faltava criatividade, sobrou talento para Diogo Oliveira. O camisa 10 do Papão recebeu bola no meio, se livrou da marcação e finalizou com muito estilo, marcando um golaço na Curuzu, para a festa da Fiel. 1 x 0.

 

Nos últimos momentos da primeira etapa, o Paysandu esboçou uma pressão no entorno da área do Galvez, mas o placar não alterou até o apito do árbitro que determinou intervalo de partida.

 

No segundo tempo, o Paysandu começou mostrando que teria mais a oferecer ao seu torcedor, especificamente em chances de gols, mas o que se viu foi um time acuado, que esperou o Galvez para poder sair nos contra-ataques.

 

O time acreano foi tomando gosto pela bola e chegou a pressionar a defesa do time paraense em diversos momentos, com cruzamentos para a área e jogadas rápidas com os homens de frente.

 

No final da partida, o Galvez ainda reclamou de penalidade não marcada pelo árbitro, na marca dos 45 minutos. Na sequência, porém, Bergson puxou ataque em velocidade e fuzilou a rede do goleiro Máximo, sacramentando o Papão na próxima fase. 2 x 0.

 

Apesar da vitória, a Fiel não poupou o time e comissão técnica de críticas, tendo como principal alvo o técnico Marcelo Chamusca, que teve que ouvir gritos de “burro” na saída para o vestiário.

 

 

FICHA TÉCNICA:

 

PAYSANDU: Emerson; Ayrton, Fernando Lombardi, Gilvan e Welliam Simões (Wil); Ricardo Capanema (Augusto Recife), Wesley e Diogo Oliveira; Bergson, Leandro Cearense e Leandro Carvalho (Jhonnatan). Técnico: Marcelo Chamusca

 

GALVEZ-AC: Máximo, Layo, Jô, Rafael e Tiaguinho; Wilson, Renato (Marquinhos), Kinho (Kremer) e Ciel; Ferrari (Cabañas) e Neném. Técnico: Pablo Simões

 

Gols: Diogo Oliveira e Bergson (Paysandu)

 

Local: estádio da Curuzu

 

Hora: 20h30

 

Ingressos: R$ 20 (arquibancada) e R$ 40 (cadeira)

 

Árbitro: André Rodrigo Rocha 

 

Assistentes: Cipriano Sousa e Natal da Silva Ramos Júnior

 

(DOL)






Av. Almirante Barroso,2190, 3° andar. Marco

© Copyright 2011-2014 | Rádio Clube do Pará - Todos os direitos reservados