Dentre os motivos para a realização do jogo amistoso entre Clube do Remo e Tuna Luso, marcado para a tarde do próximo sábado (29), no Mangueirão, como foi adiantado pela diretoria de futebol azulina, a exploração para receita e acordos com novos parceiros, bem como a moldagem do plantel para o ano que vem, são fatores que levaram ao evento. Porém, a partida-treino contará também com um detalhe importante e, dessa vez, dentro de campo: o duelo entre o goleiro Vinícius contra Evandro Gigante, dois dos atletas mais experientes que estarão em campo.

Obviamente que a disputa será sadia, todavia, é a oportunidade certa para encaminhar não apenas a consolidação de um ídolo, mas como a disputa para a posição no Leão para 2019.

De contrato assinado por duas temporadas e treinando com o sub-20 da equipe, Vinícius continuará com a camisa 1, porém, com o concorrente ao posto do outro lado do campo. Isso porque Evandro Gigante, que atuou no Remo na última temporada e nesse ano, agradou os cartolas e deverá, assim como o titular, ganhar nova chance no plantel e, agora, para ficar como opção direta para substituição.


COMBATE

 De um lado, com 1,90m e natural de Goiás, Vinícius, atual camisa 1 do Remo. Do outro, com 1,93m e oriundo de Belém, Evandro gigante, postulante à permanência no Leão. Socos, pontapés e até tapas estão liberados para o combate no amistoso, desde que a mira seja exclusiva na bola. E esse é o objetivo de ambos, que asseguram o respeito e o profissionalismo acima de tudo.

“Eu procuro sempre dar o meu melhor no Remo. É um clube que me passa coisas boas e procuro fazer o mesmo. Espero continuar assim, treinando dobrado, me dedicando para sempre representar bem essa equipe e os meus companheiros”, disse Vinícius.

O mesmo destacou Gigante. “A gente teve uma conversa boa, acredito que vou renovar, mas depende de muita coisa, como as eleições. Agora, pela Segundinha, espero mostrar meu trabalho, para quem sabe, poder fazer frente ao Vinícius, que é um excelente atleta”, comentou Evandro.

(Matheus Miranda/Diário do Pará)