O zagueiro Thiago Silva seguirá com a Seleção Brasileira até a partida contra o Chile, na terça-feira, no Palestra Itália, mesmo sem estar à disposição do técnico Tite. Ele contundiu a coxa direita ainda no primeiro tempo do empate por 0 a 0 com a Bolívia, na quinta-feira, em La Paz, e acabou cortado.

O substituto de Thiago Silva já até trabalhou com a Seleção na tarde desta sexta-feira – Rodrigo Caio, do São Paulo –, mesmo dia em que o defensor do Paris Saint-Germain iniciou o tratamento de um edema muscular.


Contra o Chile, a tendência é que Marquinhos componha a zaga titular do Brasil ao lado de Miranda, como se acostumou a fazer ao longo das Eliminatórias. Thiago Silva havia sido escalado na rodada passada para ser observado por Tite.

Além de Rodrigo Caio, o Brasil conta com Jemerson como alternativa para a zaga em seu duelo derradeiro nas Eliminatórias.

Fonte: Gazeta Esportiva