A derrota para o Paysandu por 1 a 0, no Estádio Mangueirão, pela terceira rodada da Série B, pode ter sido a última partida do técnico Antônio Carlos Zago no comando do Internacional.

Após o jogo, a coletiva do vice presidente de futebol Roberto Melo e do técnico Zago atrasou pelo menos 12 minutos e especulou-se a demissão do treinador. O fato não foi confirmado pelo dirigente durante a entrevista, mas também não garantiu a permanência do comandante. “Não vamos fazer uma avaliação pública do nosso treinador. Nós tratamos as coisas sempre internamente, de forma reservada. Vamos nos reunir para fazer esta análise. Esse diagnóstico vai ser feito internamente”, afirmou o dirigente.


Zago não vem tendo bons resultados com o Inter (Foto: Ricardo Duarte/Internacional)
O fato do presidente do Internacional, Marcelo Medeiros, não ter acompanhado a delegação na viagem para Belém pode ter pesado para não ser tomada uma decisão. Roberto Melo contou que a direção realiza reuniões periodicamente após cada jogo e que acontecerá o mesmo depois desta derrota. “Este momento é de cabeça quente, temos uma viagem longa pela frente. Sabemos que neste momento não estamos tendo o rendimento que esperávamos e estamos atento que precisamos melhorar. Desde o início do ano, a gente vem fazendo as avaliações que precisam ser feitas. Neste começo da Série B, a gente esperava ter um rendimento melhor, mas temos noção do que está acontecendo”, destacou.

Sobre a partida, Melo admitiu a superioridade do Paysandu. “Não fizemos um bom jogo, o resultado foi merecido. Em nenhum momento tivemos o controle da partida. Acho que o Paysandu desde o início teve uma superioridade e volume de jogo. Precisamos melhorar, temos um grupo qualificado. Não fizemos um bom jogo e vitória do Paysandu foi totalmente merecida”, avaliou o dirigente.

O Internacional volta a campo na quarta-feira, no Estádio Beira-Rio, contra o Palmeiras, pelo segundo jogo das oitavas de final da Copa do Brasil. O time gaúcho precisa derrotar os paulistas por dois gols de diferença para passar para a próxima fase. Pela Segunda Divisão, o colorado joga sábado, às 19h (de Brasília), no Beira-Rio, contra o Juventude.

Fonte: Gazeta Esportiva