Após muitos anos, a Europa ficou fora da liderança do ranking da Federação Internacional de História e Estatística do Futebol (IFFHS). O Atlético Nacional, da Colômbia, é o melhor time de 2016. Em 13º, o Atlético-MG é o melhor brasileiro.

A equipe colombiana pulou do 62º lugar para o primeiro por causa das boas atuações nas competições disputadas: Mundial de Clubes, Copa Libertadores, Copa Sul-americana, Campeonato Colombiano e Supercopa da Colômbia. Essa não é a primeira vez que um clube que não pertence à Europa chega à melhor classificação desta lista. Em 1999, o Palmeiras assumiu o topo do ranking.

O Brasil aparece primeiro no 13º posto com o Atlético-MG. Em seguida vem Grêmio (34º), São Paulo (36º), Corinthians (44º), Palmeiras (45º), Chapecoense (94º), Flamengo (94º), Santos (132º), Coritiba (159º), Cruzeiro (168º), Internacional (201º), Atlético-PR (214º), Botafogo (221º), Ponte Preta (231º), Vitória (251º), Santa Cruz (263º), Fluminense (280º), Sport (280º) e Figueirense (303º).


Nos últimos anos, a supremacia era da Europa. Os primeiros lugares ficaram com Barcelona (2011, 2012 e 2015), Bayern (2013) e Real Madrid (2014)

Confira o Top 10 da IFFHS:

1. Atlético Nacional (Colômbia)
2. Real Madrid (Espanha)
3. Barcelona (Espanha)
4. Paris Saint-Germain (França)
5. Shakhtar Donetsk (Ucrânia)
6. Bayern de Munique (Alemanha)
7. Borussia Dortmund (Alemanha)
8. Sevilla (Espanha)
9. Atlético de Madri (Espanha)
10. Juventus (Itália)

(Via UOLEsporte)