O Barcelona viu outra porta se fechar na tentativa de reverter punição de Neymar e escalar o atacante no clássico de domingo, contra o Real Madrid.

O Comitê de Apelação da Federação Espanhola de Futebol rejeitou o recurso apresentado pelo clube catalão, que tinha como objetivo suspender a punição, e manteve os três jogos impostos ao brasileiro.


Contra o Málaga, Neymar foi expulso após forte entrada em um adversário e depois levou dois jogos a mais de punição por ter aplaudido o árbitro de forma irônica.

Apesar de ter o recurso negado, o Barça segue com esperança de mandar o brasileiro ao clássico. Como última cartada, os catalães recorreram ao Tribinual Administrativo do Esporte (TAD, na sigla em espanhol) e aguardam a nova decisão para saber se poderão, ou não, contar com o atacante no clássico.