Atacante Bergson saiu do banco para fechar o placar. (Foto: Fernando Araújo/Diário do Pará)

Apesar da maratona de jogos que tem enfrentado junto com os demais jogadores do Paysandu, o atacante Bergson deixou o banco de reservas, no sábado, para mostrar, mais uma vez que conhece bem o caminho do gol. Foi dele o tento que fechou a vitória bicolor sobre o Oeste, já na reta final da partida. Com o primeiro gol que marcou na Série B do Brasileiro, o atacante chegou a 13 tentos, sendo o principal artilheiro do clube na temporada.

Com a marca atingida, o atacante, ainda no começo da Segundona, já se igualou ao número de gols assinalados por Leandro Cearense em toda a temporada passada. Apesar da facilidade em balançar a rede dos adversários, Bergson afirmou que não está pensando na artilharia da Segundona. “A minha briga é comigo mesmo, com o meu trabalho e o comprometimento com os meus companheiros”, afirmou.


APELO À FIEL

O jogador aproveitou as entrevistas pós-jogo para fazer um apelo à Fiel, tendo em vista o jogo decisivo de amanhã, contra o Luverdense-MT, valendo a Copa Verde. “Quero aproveitar essa vitória e convocar o torcedor para nos apoiar do início ao fim”, pediu.

(Nildo Lima/Diário do Pará)