Daniel conseguiu o bicampeonato da Stock Car (Foto: Stock Car/Duda Bairros)

Foi conquistando um quarto lugar na última corrida do ano, em Interlagos, na Capital paulista, que Daniel Serra selou seu bicampeonato da Stock Car. Na manhã deste domingo, o piloto foi imediatamente seguido por seu principal rival na luta pelo título, Felipe Fraga. O novo bicampeão da categoria está a um título de igualar a marca de seu pai, tricampeão nos anos de 1999, 2000 e 2001, mas evita a comparação.

“Eu nunca pensei nos números do meu pai, mas ter conseguido dois títulos consecutivos – e ele venceu três – ia ser legal”, destaca o piloto. “Se eu conseguir chegar perto do que o meu pai fez, a minha carreira terá sido muito bem-sucedida”.


Aos 34 anos, Serrinha soma dois títulos. Depois da luta travada com Felipe Fraga nesta temporada, o piloto analisou a corrida deste domingo. “Foi muito tenso, porque você nunca sabe o que pode acontecer. Tem coisa que a gente não controla”, lembra o atleta. “Nos preparamos da maneira mais minuciosa possível, com um carro bem conservador para chegar no final”.

“Então fui sofrendo um pouco com o desgaste de pneu, mas a gente fica nervoso: durante a corrida eu achei que o pneu furou umas seis vezes, de tão tenso que a gente fica”, destaca. Após a vitória no campeonato, o piloto entregou seu capacete ao mecânico da RC. Isso porque, segundo ele, desde que entrou na equipe, em 2017, nunca teve falhas mecânicas. “Estou muito feliz”, finalizou.

 

 

O post Bicampeão da Stock Car, Serra evita comparação com seu pai apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Fonte: Gazeta Esportiva