O presidente Carlos Eduardo Pereira tentará a reeleição no pleito de novembro (Foto: Vítor Silva/Botafogo)

O Botafogo anunciou para o dia 25 de novembro, um sábado, a eleição presidencial que vai decidir quem ditará os rumos do clube pelos próximos três anos. O pleito acontecerá entre 9h e 21h (Brasília), na sede de General Severiano. Agora, situação e oposição têm até o dia 25 de setembro para anunciarem as suas chapas, mas existe uma indefinição neste sentido e nenhum nome foi lançado. Mesmo com a mudança do estatuto, sócios-torcedores passarão a ter direito a voto apenas a partir do próximo pleito, pois é preciso um prazo de três anos com as mensalidades em dia.

O grupo “Mais Botafogo”, liderado pelo atual presidente Carlos Eduardo Pereira, deverá se definir até o fim da semana. O atual mandatário só não vai tentar a reeleição se tiver algum problema pessoal, mas há quem garanta que sua família não deseja que ele permaneça. Neste cenário, Nelson Mufarrej, vice-presidente geral do clube e o homem de mais confiança de Pereira, desponta como o favorito da situação.


O grupo de Pereira conta ainda com o apoio de alguns botafoguenses ilustres, como boa parte dos ex-jogadores consagrados e Carlos Augusto Montenegro, presidente campeão brasileiro em 1995 e influente figura no clube.

A oposição resolveu se unir. Thiago Alvim, Vinicius Assumpção e Marcelo Guimarães, os três candidatos derrotados por Pereira no pleito passado, agora estão juntos, inclusive com o apoio de Antônio Carlos Mantuano, que foi o primeiro vice-presidente de futebol do Glorioso na gestão de Pereira. A ideia é lançar o nome de Mauro Sodré, diretor-executivo do INPI, que teria como vice Durcésio Melo, que é um empresário do ramo de aviação.

Dentro de campo, o Botafogo segue se preparando para o clássico contra o Flamengo no Estádio Nilton Santos, dia 10 de setembro, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. Nesta quinta-feira, o grupo treinou pela manhã. O zagueiro argentino Joel Carli, que deixou o campo na vitória de 2 a 1 sobre o Bahia quase chorando por conta de uma lesão sofrida ao tentar esticar a perna direita, se submeteu a mais exames e os resultados serão divulgados nesta sexta. Outro que não treinou foi o meia Marcos Vinícius, que esteve fazendo reforço muscular na coxa direita. O lateral-esquerdo Víctor Luís, recuperado de dores na coxa esquerda, e o volante Matheus Fernandes, livre de dores na perna direita, não são mais problemas. Nesta sexta o plantel trabalha na parte da manhã.

O post Botafogo define data do processo eleitoral para novembro apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Fonte: Gazeta Esportiva