Nesta sexta-feira, a Seleção Brasileira sub-17 garantiu vaga nas oitavas de final da Copa do Mundo da categoria. Com vitória sobre Níger, por 2 a 0, na cidade de Goa, o time comandado por Carlos Amadeu garantiu a liderança do Grupo D do torneio, com três triunfos em três jogos disputados. Os gols da Amarelinha foram anotados por Lincoln e Brenner.

Com a primeira colocação da chave, o Brasil aguarda os outros resultados da rodada, que termina neste sábado com os jogos dos grupos E e F, para ter conhecimento do seu próximo adversário no Mundial. A outra vaga para o mata-mata ficou com a Espanha, que bateu a Coreia do Norte, também por 2 a 0.

Jogadores comemorando o gol de Brenner, o segundo do Brasil contra Níger (Foto: Divulgação/Fifa)


O jogo – O primeiro tempo da Seleção Brasileira foi muito bom, sobretudo os minutos iniciais do jogo. Sufocando a equipe africana, inaugurou o marcador logo aos três minutos. Meia que vem fazendo um ótimo Mundial, já com dois gols marcados, Paulinho, do Vasco, recebeu uma precisa esticada de bola pela direita, invadiu a área e cruzou rasteiro. A outra promessa carioca, Lincoln, do Flamengo, apenas empurrou para as redes, fazendo seu terceiro gol em três jogos no torneio.

Um minuto depois, Brenner, revelação do São Paulo, chegou à linha de fundo e levantou para Lincoln. O camisa 9 colocou a testa na bola e viu a redonda beijar o travessão antes de sair para tiro de meta. Aos 21, outro jovem do Rubro-negro carioca também levou perigo à meta de Níger. Pela direita, o lateral Wesley cortou para dentro e soltou a bomba com a perna esquerda, obrigando o goleiro Khaled a se esticar todo para desviar para escanteio. Aos 23, Vitinho recebeu cobrança rápida de lateral na área e bateu cruzado. A bola passou raspando a trave de Níger.

De tanto insistir, aos 31 minutos, Brenner bateu falta de longe, a bola desviou na barreira e enganou Khaled, entrando no seu canto esquerdo. O arqueiro nada pôde fazer para evitar o segundo gol do Brasil. Foi o primeiro de Brenner na Copa do Mundo sub-17.

Na etapa final, a Seleção Brasileira claramente diminuiu o ritmo de jogo. A postura ofensiva dos primeiros 45 minutos se transformou em um estilo mais cadenciado, de toque de bola, sem tanta agressividade. Níger até chegou a equilibrar o duelo, mas não conseguiu diminuir a diferença do placar.

 

O post Brasil vence e fecha fase de grupos com 100% de aproveitamento no Mundial sub-17 apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Fonte: Gazeta Esportiva