Gil carvalho, ex-campeão brasileiro e sul-americano de boxe na categoria peso pena, sumiu nas águas da baía do Guajará na tarde deste domingo, 22. De acordo com o relato do ex-tecnico de Gil Carvalho, Zezé Macedo, o pugilista desapareceu nas “aguas barrentas da Baia do Guajará” depois de mergulhar próximo ao mercado do Ver-o-Peso.

Em seu perfil pessoal no Facebook, Zezé Macedo disse que acompanhou as buscas por Gil Carvalho por equipes do Corpo de Bombeiros, que até o momento ainda não localizaram o corpo do pugilista.

De acordo com Zezé Macedo, Gil Carvalho estava nadando nas pedras do Ver-o-Peso quando a correnteza o levou. “Ela não conseguiu nadar contra a correnteza e afundou em frente à Feira do Açaí”, disse o treinador em sua página passoal no Facebook.


Zezé conta que apesar de um rapaz ter pulado na tentativa de resgatar o pugilista, ele afundou quando este chegou perto.

Emocionado, Zezé afirmou que estava “muito triste, pois juntos teve várias conquistas e “como atleta ele era superdisciplinado e depois de tantas lutas, com muitas vitórias ele foi nocauteado por uma mulher chamada Baía de Guajará”.

Zezé Macedo relebra também as conquistas de Gil Carvalho e disse que quer guardar ”as boas lembranças de nossas conquistas maravilhosas, pois quando subíamos no ringue era para arrebentar. Descansa em Paz, Gil Carvalho!”, dise o treinador.

Apesar de ter se tornado campeão sul-americano de boxe, Gil Carvalho não conseguiu lidar com o sucesso e teve problemas com drogas e diversas vezes trocou as páginas de esportes pelas policiais, principalmente por se meter em brigas e ter se envolvido com entorepecentes.