O Carajás volta aos treinos para a volta do Campeonato Paraense somente semana que vem, mais precisamente na próxima quarta-feira (15). Time que estava mais ameaçado de rebaixamento, o Pica-Pau foi “beneficiado” com os desdobramentos da suspensão do Parazão, em maio. Para a volta da disputa, o clube de Outeiro não vai precisar se preocupar com o rebaixamento, que já havia acontecido em campo. No entanto, a permanência dele para o ano que vem não é uma certeza.

O elenco a ser utilizado no restante da competição deste ano deve ser basicamente a garotada revelada pela base do clube. O time vai encarar o Itupiranga na 9ª rodada do Parazão. Os problemas do clube são com os custos de segurança no dia a dia de treinos. Para jogar, o elenco deve ter doze jogadores profissionais e dez do sub-20.


A própria permanência do Carajás para o ano que vem ainda é uma incerteza. Na semana passada, o então presidente Luiz Omar Pinheiro deixou o cargo para se tornar um colaborador do clube. O cargo principal passou a ser ocupado por Lindomar de Jesus. A especulação é que Luiz Omar saia como candidato à presidência do Paysandu, cargo que já ocupou por quatro anos.

(Diário do Pará)