Em dia de Re-Pa, as duas torcidas mais uma vez mostraram o porque do clássico ser apelidado de “Rei da Amazônia” e o clássico do último domingo (25), confirmou mais que isso: recordes de bilheteria e de público.

A renda do clássico de ontem foi de R$ 1.231.320,00, considerada como a maior arrecadação da história do Re-Pa de todos os tempos. A receita superou a renda de R$ 1.172.030,00 de 3 de março de 2013, onde os rivais decidiram o primeiro turno do Campeonato Paraense.


Outro fato positivo foi o público pagante do clássico. 26.946 torcedores pagaram ingresso para ver o Re-Pa, o que torna o maior público pagante não somente da Série C deste ano, mas também do futebol paraense este ano.

Os rivais ainda podem se enfrentar este ano, pois caso passem de Atlético-AC e Bragantino, mais dois clássicos por uma possível semifinal de Copa Verde.