O Corinthians sofreu apenas um gol no Campeonato Brasileiro até então, no empate por 1 a 1 com a Chapecoense, exatamente no único jogo em que o zagueiro Pedro Henrique não foi titular. Antes visto com desconfiança como substituto imediato dos já entrosados Balbuena e Pablo, o prata da casa tem convencido a comissão técnica e a diretoria do seu potencial.

“Isso mostra a força do nosso grupo. A gente sabe que, para ser campeão brasileiro, um time precisa ter um grande elenco. O Pedrão está entrando e dando conta do recado. É algo gratificante para o Corinthians”, comentou Pablo, ambientando-se ao novo parceiro, já que Balbuena se recupera de lesão muscular na coxa direita.

Pedro Henrique se mostrou mais seguro do que o seu companheiro no último compromisso do Corinthians, a vitória por 2 a 0 sobre o Santos, na noite de sábado, em Itaquera. Enquanto Pablo deu uma furada feia no primeiro tempo, proporcionando um lance de perigo ao rival, o prata da casa teve até um gol de cabeça anulado por impedimento do atacante Romero.


“Com quem eu jogo, vou aprendendo muito. Temos dois grandes zagueiros. Vou escutando o que eles falam a cada jogo, a cada treino. Sou muito novo e ainda tenho muito a aprender”, disse Pedro Henrique.

Mesmo com o bom momento do novato, a diretoria do Corinthians ainda cogita a contratação de outro zagueiro. O retorno de Anderson Martins é improvável, mas Leandro Castán, que pertence à italiana Roma e destacou-se na campanha do título da Copa Libertadores da América de 2012, prioriza um acerto com seu ex-clube.

Seja como for, a zaga do Corinthians está bem servida, pois, mesmo com baixas, seguiu incólume nas últimas três rodadas do Campeonato Brasileiro. O rendimento ajudou a equipe a alcançar a liderança da competição.

“Vamos manter a mesma pegada. Sabemos que o campeonato ainda está no começo, mas já mostramos que estamos no caminho certo. Estar na parte de cima da tabela é importante sempre”, afirmou Pablo, já de olho no próximo compromisso, contra o Vasco, na quarta-feira, em São Januário.

Fonte: Gazeta Esportiva