Nesta quarta-feira (07), o Paysandu estreia na Copa  Verde 2019. Maior campeão da competição com dois títulos, o Bicola só não esteve na final do torneio em 2015, quando viu o rival Clube do Remo ser goleado por 5 a 1 pelo Cuiabá-MT, campeão daquela edição.

Com o único atrativo de garantir uma vaga para as Oitavas de final da Copa do Brasil – e enfrentar logo na primeira rodada um gigante do futebol brasileiro -, a Copa Verde reúne ainda outros grandes times do cenário nacional, como o Remo, Goiás (da Série A), Cuiabá (destaque na Série B) e Brasiliense (lembra dele?). Todos os times que estão no Brasileirão, no entanto, devem atuar com as equipes mistas ou reservas.

Para o confronto no Estádio da Colina, em Manaus, às 21h (de Belém), o Paysandu deve entrar com Giovanni; Caíque Oliveira; Perema; Victor Oliveira e Bruno Collaço; Willyam; Wellington Reis; Tiago Luis; Elielton; Diego Rosa e Vinícius Leite.

Comandado pelo histórico Aderbal Lana e sem divisão no Brasileirão, o Nacional-AM irá com tudo para cima do Papão para tentar a classificação.

DECISÃO NA SÉRIE B 


Já no sábado, no campeonato que realmente “importa”, o Papão recebe o Atlético Acreano no Mangueirão às 17h. Na 6ª posição com 21 pontos, o Bicolor busca a vitória contra o lanterna geral da competição para entrar no G4, caso resultados de outras partidas colaborem.

TUBARÃO VAI COM TUDO!

Outro paraense que estreia hoje na Copa Verde é o Bragantino, no Diogão, em Bragança, contra o Santos-AP. Se para Remo e Paysandu o torneio apenas preenche o calendário do segundo semestre, para o Tubarão é diferente.

Com ótimas atuações ao longo do ano, mas sem conseguir resultado algum positivo de fato (como título ou acesso), o clube do Caeté vai em busca de mais uma grande campanha e, quem sabe, se juntar ao Paysandu, que até o momento é o único paraense e único nortista campeão da Copa Verde.

O último paraense a estrear será o Remo, que enfrentará o Sobradinho-DF na terça-feira (13).

RELEMBRE OS CAMPEÕES:

2014: Brasília-DF, vencendo o Paysandu na final

2015: Cuiabá-MT, derrotando o Clube do Remo

2016: Paysandu, ganhando do Gama-DF

2017: Luverdense-MT, vencendo o Paysandu

2018: Paysandu, derrotando o Atlético-ES