Além dos caminhões coletores de resíduos, o ministro Helder garantiu que serão entregues 46 caçambas e 14 lanchas a diversos municípios. (Foto: Divulgação)
Além dos caminhões coletores de resíduos, o ministro Helder garantiu que serão entregues 46 caçambas e 14 lanchas a diversos municípios. (Foto: Divulgação)

O ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, autorizou na última terça-feira (30) a doação de dois caminhões coletores de lixo ao município de Conceição do Araguaia, no sudeste paraense. Os veículos irão garantir serviços de mais qualidade a uma população de aproximadamente 46 mil habitantes. O investimento é parte de um conjunto de ações do Governo Federal no sentido de reforçar a infraestrutura dos municípios e promover o desenvolvimento regional. No total, 104 caminhões coletores de resíduos serão entregues e atenderão 84 cidades do Pará.

Segundo o prefeito de Conceição do Araguaia, Jair Martins, os veículos reforçarão os serviços de limpeza realizados pela Prefeitura, que hoje dispõe de apenas um caminhão para recolher os resíduos nas áreas urbana e rural. “O caminhão chega em boa hora garantindo, principalmente, economia ao município. Só posso agradecer ao ministro Helder por esta conquista e parabenizá-lo por estar trabalhando por todas as cidades do Estado”, comentou o prefeito.


INVESTIMENTO

Além dos caminhões destinados à coleta de lixo, que deverão ser entregues até o final de junho, outros 46 caminhões caçamba e 14 lanchas também fazem parte do pacote de investimentos. Mais de R$ 40 milhões estão sendo aplicados na aquisição dos veículos, com recursos de emendas da bancada parlamentar do Pará atribuídos ao orçamento do Ministério da Integração Nacional. “É sempre uma grande alegria estar novamente em Conceição do Araguaia, trazendo mais este investimento para a população do município. Sem dúvida, a entrega destes equipamentos é o cumprimento de mais uma etapa de uma luta incansável pra ajudar o Pará”, disse o ministro Helder.

Em todo o Estado, os caminhões e lanchas vão beneficiar uma população estimada em aproximadamente cinco milhões de pessoas – o equivalente a mais de 50% do total de habitantes do Pará. Os veículos irão propiciar melhores serviços também nas áreas de obras, saúde e transporte de produtos agrícolas, dentre outras.

(Diário do Pará)