Faltando 1589 dias para a Copa do Mundo de 2022, no Catar, o caminho parece ser longo, mas até o próximo Mundial, as competições entre seleções vão ganhar forma, em um torneio que será o último no tradicional modelo.

O próximo Mundial será com 32 seleções no modelo atual e a última na tradicional fórmula de disputa, pois a partir da Copa de 2026, o maior torneio do futebol mundial terá 48 seleções.

Além dos amistosos, as seleções terão desafios pela frente em busca da passagem para o Catar.

Em 2019, a Copa América vai apontar o campeão da América do Sul. O torneio que tem o Chile como atual campeão será disputada por 16 seleções, entre países da Conmebol e convidados que vão disputar o título no Brasil, que volta a sediar o torneio após 30 anos.


No mesmo ano, os Emirados Árabes irão receber a Copa da Ásia, torneio que serve para medir forças entre as seleções do continente e mais Austrália, que migrou da Oceania e vai defender o título.

Além destas duas competições, ainda terá a Copa Africana de Nações, torneio que envolve as principais seleções da África. Antes do Mundial, haverá ainda mais uma edição, pois a competição é disputada a cada dois anos.

Em 2020, a Eurocopa, considerada a Copa do Mundo sem Argentina e Brasil será disputada com uma novidade: o torneio não terá sede fixa, com abertura em Roma e a final em Londres.

A Copa da Oceania ainda não teve calendário definido e os campeões destes torneios, além do Catar e da França irão disputar em 2021, a Copa das Confederações.

ELIMINATÓRIAS

Em julho de 2019, a FIFA fará um sorteio para as Eliminatórias da Copa do Mundo, mas já se sabe que a disputa na América do Sul será a mesma com dez seleções que se enfrentam em turno e returno. Os quatro primeiros garantem vaga direto para a Copa, enquanto que o quinto vai para a repescagem. O torneio deverá ter inicio em outubro do ano que vem.

A Conmebol já adiantou que irá mudar o sistema de Eliminatórias para o Mundial de 2026, com o aumento de vagas para a Copa.

(DOL)