A 20ª rodada do Campeonato Brasileiro movimentou este final de semana. Mesmo sem entrar em campo, o Corinthians foi beneficiado com a derrota do Grêmio, vice-líder, para o Botafogo. Já o São Paulo conseguiu uma vitória suada no Morumbi e deixou a zona de rebaixamento.

Líder da competição, o Timão viu sua folga na tabela ser mantida. O Grêmio, com time alternativo, perdeu para o Botafogo pelo placar mínimo e continua a oito pontos do Corinthians. O clube paulista ainda possui uma partida a menos. Os comandados de Fábio Carille enfrentam a Chapecoense, fora de casa, no dia 23/08.

Em um dos jogos mais emocionantes do final de semana, o São Paulo deu um susto nos mais de 56 mil torcedores que compareceram ao Morumbi. No Dia dos Pais, o Tricolor contou com a estrela de Hernanes, o “Profeta”, para bater o Cruzeiro por 3 a 2. O volante são-paulino marcou dois gols, um de falta e outro de pênalti, e ainda deu assistência para o gol do zagueiro Arboleda.


Com chances de ganhar posições na tabela e se recuperar da eliminação na Copa Libertadores, o Palmeiras deixou escapar a vitória contra o Vasco. O Verdão ia vencendo o rival carioca até os últimos minutos da partida, quando viu Manga Escobar aproveitar cobrança de escanteio e empatar o duelo por 1 a 1. O time do técnico Cuca soma 33 pontos e é o terceiro colocado.

O Santos entra em campo apenas nesta segunda-feira, quando enfrenta o Fluminense, no Pacaembu. O Peixe pode ser um dos principais beneficiados ao fim da 10ª rodada. Com uma vitória, a equipe praiana chegaria à 38 pontos e ficaria a apenas um do segundo colocado Grêmio.

O Flamengo, com o técnico interino Jayme de Almeida no comando da equipe, não apresentou um grande futebol e deixou o G6 do Brasileirão. Jogando no estádio Independência, o Mengão viu o Atlético Mineiro sobrar em campo e vencer por 2 a 0. Rafael Moura e Fábio Santos foram os responsáveis por garantir o resultado positivo, após cinco jogos sem vencer em casa. O Galo ganhou cinco posições e é o 10º, enquanto os cariocas caíram para o sétimo lugar.

O Atlético-PR recebeu o Bahia e quase se complicou. O Furacão saiu atrás do placar após Mendoza aproveitar vacilo da zaga. Com o apoio da torcida, o clube curitibano lançou-se ao ataque e venceu por 4 a 1, com gols de Thiago Heleno, Nikão, Sidcley e Éder (contra).

Fonte: Gazeta Esportiva