A movimentação nos clubes do interior já é intensa, pelo menos nos bastidores, com a saída do dirigente de uma equipe que disputa o Campeonato Paraense.

Sandclei Monte, presidente do Tapajós pediu licença do cargo por motivo eleitoral. Ele irá concorrer às eleições municipais para o cargo de vereador de Santarém, no oeste paraense.


Para o seu lugar, o Tapajós terá uma presidente: Isabelle Drago, esposa de Sandclei, irá assumir o clube durante a licença.

Este é o segundo dirigente que se licencia do cargo no futebol paraense este ano: Claudio Wagner, presidente do Bragantino também pediu licença do cargo para concorrer ao pleito eleitoral.

Devido ao coronavírus, as eleições municipais estão programadas para o dia 15 de novembro.

(DOL)