Dunga diz que grupo não terá surpresas

Na véspera do jogo amistoso contra o Chile, neste domingo (29), o técnico Dunga deu pistas sobre o grupo brasileiro que vai vestir a amarelinha na Copa América, em junho, sem dar pistas sobre jogadores que podem aparecer na lista final.

 

“Quem nunca jogou até agora fica difícil. São seis meses de observações da comissão técnica e o tempo é muito precioso. Vamos aproveitar o tempo para tomar a melhor decisão possível sobre a seleção”, disse o treinador.

 

Sobre o adversário deste domingo, no Emirates Stadium, Dunga já tem o time escalado e deverá ser o mesmo que venceu a França, na última quinta-feira (26), por 3 a 1, no Stade de France.

 


Dunga comandou um treino secreto no estádio dos Emirados, em Londres, e a imprensa só pôde entrar para ver um rachão nos últimos 15 minutos. Na atividade, o time verde tinha Marcelo Grohe, Gil, Miranda, Willian, Felipe Luís, Luiz Gustavo, Oscar, Thiago Silva, Elias, Luiz Adriano, Gabriel Paulista e Neymar, e enfrentou os amarelos, que contava com Diego Alves, Fernandinho, Fabinho, Danilo, Robinho, Douglas Costa, Marcelo Souza, Phillipe Coutinho e Firmino. Jefferson fez uma movimentação a treinou à parte com o preparador de goleiros Taffarel.

 

O técnico antecipou que o grupo para a Copa América não está fechado, mas adiantou que não vai testar mais ninguém. Só vai incluir quem já tenha sido chamado até agora.

 

– Quem nunca jogou até agora fica difícil – declarou Dunga, dizendo que a lista final ainda está aberta.

 

– Temos tempo. Se eu tenho seis meses para tomar uma decisão, não seria inteligente tomar hoje. São seis meses de observações de comissão técnica, o tempo é muito precioso, vamos aproveitá-lo para buscar mais subsídios e tomar a decisão mais correta possível – completou.

 

O certo é que o treinador deve fazer várias mudanças na última oportunidade que tem de testar jogadores. São boas as chances de que Robinho e Phillipe Coutinho possam provar que merecem um lugar na Copa América.

 

Dunga foi questionado pela BBC porque não tinha feito uma mudança radical de nomes quando assumiu no lugar de Felipão.

 

 

Brasil x Chile duelam neste domingo (29), no Emirates Stadium, em Londres, com cobertura completa do portal DOL.

 

(DOL, com informações da Band)