Assim como sua participação no Estadual, quando assumiu o Remo na partida frente ao Independente, João Nasser, o Netão, conquistou nova vitória como técnico do time azulino. E o placar, dessa vez, foi ainda melhor: enquanto que no Paraense o Leão venceu por 3 a 1, ontem, pela Série C, o time impôs 3 a 0 no Juazeirense, em Belém. Esse foi o primeiro resultado elástico conquistado pelo Remo na Série C, como mandante.

Conhecedor do grupo e, pé quente, já que conseguiu quebrar a sequência de resultados adversos, Netão celebrou o triunfo e garante que o Remo ainda tem muita lenha para queimar. “Primeiramente não fui eu, fomos nós. Colocar a tua ideia integral é difícil, mas eles abraçaram. A gente veio com uma proposta de não poder perder e fizemos bem isso. É uma situação difícil que o nosso time vive, mas e possível. Hoje nos portamos bem e isso nos dá confiança, sim, para brigar”, assegura. “Ainda estamos vivos na competição e esperamos, se Deus quiser, dar continuidade com os resultados”, disse o treinador.


OBJETIVO

O meio-campista Rodriguinho, um dos destaques em campo, disse que o primeiro objetivo do time nessa reta final foi alcançado. Agora é manter a regularidade nos próximos compromissos. “A gente fez o que tinha que ser feito. A gente saiu com a vitória, de forma gigante. Soubemos suportar e matar o jogo. É passo a passo. Primeiro foi começar a ganhar e, agora, é dar sequência e subir na tabela”, disse o atleta.

(Matheus Miranda/Diário do Pará)