Mesmo longe de Belém, o novo contratado do Remo, Givanildo Oliveira não vai esperar para chegar em Belém para conhecer o elenco azulino e já está estudando o grupo azulino antes de assumir o clube.

Em conversa com o DOL, o treinador que chega a Belém nesta quinta-feira (1º), falou sobre algumas observações sobre o elenco e conversas para assumir o cargo de treinador do Remo.

“Já tenho algumas pessoas de confiança que irão hoje acompanhar o jogo contra o Independente e passar informações sobre o elenco e o time para que possa trabalhar para o jogo diante do Águia, no fim de semana”, destacou.


Givanildo pondera que o acerto para assumir o Remo foi uma conversa que durou dois dias. “Foi feito o convite pela diretoria e conversamos dois dias sobre assuntos que envolvem o acerto e detalhes como estrutura e condições”.

Apesar de ter um histórico vitorioso no Paysandu, o treinador destaca que assume o Remo com maior prazer e determinação em busca de novas conquistas na carreira.

“Belém tem uma marca muito grande na carreira e independente da história que tive no Paysandu, eu sou profissional. Volto com maior prazer ao Remo, um clube de uma grande torcida e que fui campeão invicto em 93. Espero conquistar os objetivos de ser campeão estadual e conquistar o acesso”, destacou.

Givanildo Oliveira terá com ele, o preparador físico Wellington Vero, que sempre atuou em vários clubes do país.

(Diego Beckman/DOL)