O dia 20 setembro de 1998 e considerado histórico para o Paysandu, que protagonizou um dos maiores públicos do estádio Mangueirão e diante do Fluminense-RJ surgia um ídolo da torcida bicolor.

Zé Augusto, o “Zé da Fiel” foi destaque naquela partida vencida pelo Papão por 2 a 0 e que praticamente rebaixou o time carioca para a Série C em 99. O duelo ficou marcado na história do atacante, que chegou no Paysandu em 96, mas ainda não era titular da equipe.

“Cheguei no Paysandu em 96 e entrava em algumas partidas no segundo tempo. Em 98 fomos campeões estaduais e enfrentamos o Fluminense-RJ, com um Mangueirão lotado, em um jogo onde praticamente empurramos o Flu para o buraco”, brincou o ex-jogador.


Zé Augusto entrou no decorrer do jogo acionado pelo então treinador Joãozinho Rosas e lembra muito bem de sua atuação. “Dei passe para o primeiro gol do Júlio César e logo depois fiz o gol após o goleiro Róbson dar um chute da nossa área”.

“Quando marquei o gol vi o Mangueirão explodir de felicidade. Foi um gol que praticamente me apresentou a torcida do Paysandu e foi um dos mais importantes da minha carreira”, completou.

RELEMBRE O JOGO

Naquele ano, o Paysandu chegou até as quartas de final da Série B, mas acabou sendo eliminado pelo Botafogo-SP, que junto com o Gama-DF subiram para a Série A, enquanto que o Fluminense-RJ teria seu rebaixamento consumado para a Série C dois jogos depois, diante do ABC-RN.

(Diego Beckman/DOL)