Em praticamente dez anos, o Paysandu oscilou entre bons e maus momentos no Campeonato Brasileiro de Futebol. Momentos ruins como rebaixamentos e vexames dentro de casa, porém em alguns anos veio a glória de subir no cenário nacional.

Sempre entre as Séries C e B, o Papão sempre teve que superar vexames em casa antes de conquistar o primeiro acesso. Icasa-CE, Salgueiro-PE e América-RN foram os algozes do Lobo em anos anteriores, onde destas três decisões de acesso, a perda da vaga para o time pernambucano foi a mais sentida pela Fiel.

Em 2012, o Paysandu finalmente conquistou seu acesso para a Série B após passar pelo Macaé-RJ, onde a Fiel fez uma grande festa na capital paraense.

No ano seguinte, o Paysandu acabou fazendo uma péssima campanha na Segundona e acabou rebaixado, mas a sua passagem na Terceirona durou apenas um ano, pois conquistou o acesso sendo vice-campeão brasileiro.


Nos últimos quatro anos, o Papão teve apenas uma boa campanha na Série B. Em 2015, o Lobo ficou na 7ª posição, diferente dos outros anos onde acabou brigando contra o rebaixamento, porém este ano a queda para a Série C foi inevitável.

VEJA O RETROSPECTO BICOLOR NOS ÚLTIMOS DEZ ANOS

2008: 12º (Série C)

2009: 8º (Série C)

2010: 6º (Série C)

2011: 6º (Série C)

2012: 4º (Série C – Acesso)

2013: 18º (Série B – Rebaixado)

2014: 2º (Série C – Acesso)

2015: 7º (Série B)

2016: 14º (Série B)

2017: 11º (Série B)

2018: 17º (Série B – Rebaixado)