Fernanda é acusada de pegar documentos do Conselho cruzeirense (Foto: Cruzeiro)

Os bastidores do Cruzeiro andam tão movimentados que até as pessoas ligadas aos cartolas do clube já se envolvem em confusões da vida política do clube. Nessa quarta-feira, a esposa do Presidente Wagner Pires de Sá, a senhora Fernanda São José, se envolveu em uma grande confusão.

A Gazeta Esportiva recebeu o Boletim de Ocorrência feito por Hellen Carolina Carvalhais Rocha, secretária cruzeirense, junto a Polícia Militar de Minas Gerais. Nele, ela relatou que chegou para trabalhar e percebeu que não tinha mais acesso ao sistema do clube. Em seguida, Fernanda entrou na sala procurando Rogério Nunes, assessor diretor de Zezé Perrella.


Hellen deu resposta negativa ao ser questionada sobre onde estaria Rogério. Fernanda então disse que a secretária deveria saber o que está acontecendo e depois perguntou se ela não queria tirar uns dias de folga. Com a resposta contrária, a esposa do Presidente celeste então a demitiu e, em seguida, chamou uma funcionária do RH e um segurança para que acompanhassem até a saída.

A Secretária relatou ainda a Polícia Militar, no Boletim de Ocorrência, que Fernanda pegou sem autorização vários documentos do Conselho Deliberativo. Além disso, em vários momentos ela questionava se Hellen estava gravando as conversas.

A Gazeta Esportiva tentou entrar em contato com Hellen, mas as ligações não foram completadas. O Cruzeiro, por sua vez, disse, por meio da assessoria de imprensa, que não emitirá comentários a respeito do ocorrido.

A confusão aconteceu horas depois de Wagner Pires de Sá prestar depoimento na sede da Polícia Federal. Ele é um dos suspeitos da Operação Escobar que investiga vazamento de documentos sigilosos da PF.

O post Esposa de Presidente invade sala do Conselho do Cruzeiro e é acusada de levar documentos apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Fonte: Gazeta Esportiva