O estádio da Curuzu passou por uma sanitização na manhã do último sábado (23). Um processo para prevenir o contágio por doenças como a covid-19.

Embora ainda não se tenha nenhuma definição oficial sobre a data de retomada integral das atividades nas dependências físicas da Curuzu, o clube adotou a medida feita por uma equipe profissionalizada.


“É um serviço próprio para esse momento que estamos vivendo, pois a sanitização combate bactérias, fungos, ácaros, mofo e vírus, inclusive o novo coronavírus”, explica o gerente do Estádio da Curuzu, Waldecir Alves Júnior.

Todas as áreas da Curuzu foram higienizadas: estacionamento, salas, corredores, vestiários, arquibancadas, cadeiras, camarotes, cabines de imprensa, bancos de reserva e campo.

Todas as áreas do estádio foram higienizadas
Todas as áreas do estádio foram higienizadas Divulgação/ Ascom PSC

Apenas uma pequena parte do quadro funcional administrativo do clube cumpre expediente de forma presencial. Os demais funcionários continuam em jornadas de home office. Os atletas de futebol e integrantes da comissão técnica também têm trabalhado de casa desde a segunda quinzena de março.

Na próxima terça-feira (26), o estádio será dedetizado, para reforçar a proteção contra insetos, ratos, baratas, mosquitos e cupim.

Conte