Um total de 41 cestas básicas foi arrecadado no leilão, via Instagram, realizado pelo ex-jogador Vanderson, que decidiu colocar à venda camisas de alguns dos clubes nos quais ele atuou ao longo de sua carreira. O pregão foi iniciado na sexta-feira se estendendo até o sábado, quando foi “batido o martelo”, com a definição dos arrematadores dos uniformes.

Na oportunidade, foram colocadas à disposição do público três camisas, sendo uma do Vitória-BA, uma do Athletico Paranaense-PR e uma do Juventude-RS. O ex-meio-campista classificou o resultado da iniciativa como “um grande sucesso.”
“Com a ajuda da imprensa e dos amigos que tenho conseguimos chegar a esse resultado que considero dos mais positivos”, comentou Vanderson. No leilão mesmo, conforme detalhou o ex-volante, foram conseguidas 39 cestas básicas. “As outras duas vieram da colaboração de um amigo que tenho e que doou o material alimentício sem, no entanto, participar do leilão”, detalhou.

O valor arrecadado para a compra das cestas, no valor de R$ 40 cada uma, será juntado ao do segundo leilão que acontecerá na sexta-feira (dia 12) e sábado (13) da semana em curso.


“A ideia é fazer a entrega das cestas de uma vez só”, contou Vanderson. “Por isso estou preferindo aguardar pela arrecadação do segundo leilão”, declarou.

As cestas serão doadas a famílias moradoras da Vila de Apeú, onde o atleta tem residência, e localidades vizinhas. “São as chamadas agrovilas”, disse. No próximo leilão, também na conta do ex-atleta na rede social – (@vanderson5) – serão disponibilizadas ao público as camisas do Vitória-BA, usada pelo ex-jogador em sua partida de número 200 pelo clube baiano, e a do Paysandu, alusiva a comemoração dos 100 anos de fundação do clube.

“A numeração dessa camisa é 115”, contou Vanderson, que, normalmente, usou a camisa de número 5 nos clubes pelos quais atuou. Vanderson informou que já solicitou ajuda de ex-companheiros de clubes, como, por exemplo, Wallace, ex-Flamengo-RJ, que atualmente se encontra jogando na Turquia. “Ele já se comprometeu em enviar não só a do Flamengo, mas também a do clube em que ele joga no exterior, a do Grêmio-RS e do São Paulo-SP”, explicou. Outro ex-parceiro que foi procurado e dito sim ao projeto idealizado e executado pelo ex-volante, foi Apodi, com quem Vanderson jogou no Vitória. “Ele vai mandar a da Ponte Preta-SP”, anunciou.

(Nildo Lima / Diário do Pará)