Às vésperas da retomada do futebol brasileiro, o atacante paraense Rony enfrenta um pesadelo, pois o jogador foi suspenso pela FIFA, nesta segunda-feira (13) e com isso não poderá entrar em campo pelos próximos quatro meses.
O motivo da briga foi um antigo clube do jogador, o Albirez Nigata, do Japão, que entrou na justiça requerendo uma multa para o jogador e para o Athletico-PR, clube que contratou o atleta.
A decisão também pune o Furacão Paranaense, que não poderá contratar nas duas próximas janelas de transferências do futebol.
Sem ser punido, o Palmeiras também vive um drama com seus jogadores: antes de Rony, o meia Dudu foi negociado com o futebol árabe após se envolver em um escândalo de agressão a sua ex-mulher.
Tanto Rony quando o Athletico-PR podem recorrer da decisão da FIFA.


(Com informações do UOL)