O técnico Odair Hellmann não deve escalar o time titular do Internacional no duelo contra o Fluminense deste sábado (3), às 19h, no Maracanã, válido pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Assista à Copa Sul-Americana, Série C do Brasileirão, Série A Italiana, Ligue 1 Francesa, WTA e muito mais. APROVEITE O LANÇAMENTO DO DAZN BRASIL!

O clube gaúcho terá confrontos decisivos na Copa do Brasil e na Libertadores neste mês e o duelo com o Cruzeiro, válido pelas semifinais do mata-mata nacional, está marcado para a próxima quarta-feira (7).

O treino realizado por Hellmann nesta sexta-feira (2) foi fechado à imprensa, mas a tendência é que seja escalada a equipe reserva. Sóbis deve voltar ao time após cumprir suspensão na rodada passada; o resto do time deve ser praticamente igual ao que venceu o Ceará no último sábado (27).


Restam algumas dúvidas, entretanto. Tréllez talvez seja escalado na referência do ataque, com Sóbis no meio-campo. William Pottker, que estava lesionado, volta a ser uma opção para o treinador.

Já o Fluminense vive expectativa pela estréia de Wellington Nem, que pode ser relacionado para o confronto deste sábado. O atacante, que veio do Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, treina há uma semana com o elenco do clube, mas há preocupação em não apressar sua volta; sua última partida oficial foi em 19 de maio.

O jogador está em forma e vem treinando bem. Se for relacionado pelo técnico Fernando Diniz, deve ficar no banco de reservas da equipe.

Já João Pedro tem poucas chances de ser relacionado para o confronto. O atacante sofreu uma pancada no tornozelo durante clássico diante do Vasco, em 20 de julho, e ainda não está totalmente recuperado. Nesta semana, o atacante realizou atividades em separado do elenco do Fluminense.

Já Nenê volta ao time após ficar fora de três duelos do clube. Como não estava inscrito na Sul-Americana, não pôde participar dos jogos contra o Peñarol; contra o São Paulo (seu antigo clube), sua participação foi vetada em decorrência de uma cláusula contratual. Entretanto, sua presença entre os titulares é improvável, uma vez que os jogadores de ataque (Daniel, Ganso, Marcos Paulo e Yony González) tiveram boas participações nos últimos duelos.