Depois de ter balançado a rede dos adversários algumas vezes, em 2016, o zagueiro Gilvan vem se cobrando e sendo cobrado, até mesmo em casa, por não ter conseguido ainda este ano fazer gol. Embora essa não seja a sua principal função em campo, o torcedor do Papão se acostumou a festejar gol anotado pelo defensor. A expectativa de Gilvan é que acabe com o tabu hoje diante do Peixe.

 “Ainda não fiz gol este ano, mas estou buscando isso. A minha esposa está cobrando muito. O Brasileiro já está vindo e não fiz gol, então a cobrança é muito grande”, comentou. O zagueiro prevê muita dificuldade para o time bicolor na partida que vale vaga nas quartas de final da Copa do Brasil. Ele, porém, não perde o otimismo.


“Vai ser um jogo difícil, mas vamos busca da vitória. Vamos tentar surpreender o adversário, se possível no primeiro tempo, fazendo os gols que precisamos”, avisou. Mas fazer gol não deve ser, na opinião de Gilvan, a única preocupação do Papão. “É fundamental não levar gol. Então, temos de ter toda a atenção quem joga ali atrás, eu o Perema, o Ayrton e quem for jogar”, apontou.

(Nildo Lima/Diário do Pará)