Lewis Hamilton venceu apenas uma vez na Malásia, em 2014 (Foto: Marco Bertorello/ AFP)

Lewis Hamilton chega mais uma vez como o grande favorito para o Grande Prêmio da Malásia que acontecerá neste fim de semana e marcará a despedida do circuito do calendário da Fórmula 1. O britânico vive ótima fase após vencer as três corridas disputadas desde a volta da pausa de verão da categoria e abrir 28 pontos para Sebastian Vettel na busca pelo título.


O piloto, que já lamentou a saída do GP da Malásia, espera poder ser o último vencedor em Sepang, mas acredita encontrar mais dificuldades do que nas corridas anteriores. “Acredito que será muito apertado. Temos que nos manter humildes e tentar extrair o máximo que pudermos de nosso carro”, declarou.

O carro, inclusive, deverá estar melhor na Malásia em relação ao apresentado em Cingapura, de acordo com Toto Wolff, o chefe da Mercedes. Disse ainda que a “sorte” de Hamilton no último GP, após a confusão entre Raikkonen, Vettel e Verstappen logo na largada, não vai acontecer sempre: “A prova em Cingapura foi uma boa lembrança de que o esporte sempre tem surpresas e desafia o lógico. Já estivemos do lado azarado antes e sabemos que isso pode afetar a todos”.

O GP da Malásia ocorre entre os dias 29 de setembro e 1º de outubro. Lewis Hamilton lidera o campeonato com 263 pontos, 28 a mais que Sebastian Vettel.

O post Hamilton vê disputa acirrada na Malásia e quer “extrair o máximo do carro” apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Fonte: Gazeta Esportiva