Bragantino Clube do Pará e Sociedade Esportiva Caeté postaram homenagens à cidade de Bragança, ontem, nos seus 407 anos.

De portões fechados, Remo e Paysandu optarão pelos seus estádios quando mandantes no Parazão, Copa Verde e Brasileiro.

Luiz Omar Pinheiro mais candidato que nunca no Paysandu. Postou até sua imagem com enterro do grupo “Novos Rumos”.

Reclamações contra o Futebol Card Sistemas Ltda, que administra o Sócio Bicolor. Muitos torcedores desistiram de se associar novamente, como é o caso de João Carlos Coimbra.

Altamente positiva ação social do Paysandu, com a vice Ieda Almeida levando torcedores ao Hemopa, de novo.


Volante bicolor Caíque Oliveira é de opinião que o Papão levará vantagem junto aos demais clubes neste retorno do Parazão, pela manutenção da base do elenco e CT. Pouca coisa mudou!

Diretoria do Remo lançou ação para arredar fundos e iluminar definitivamente o Baenão. Na outra semana será anunciado o ingresso virtual nos jogos sem torcida, outra forma de arrecadar.

CBF sinalizando início da Série D na primeira semana de setembro. Bragantino e Independente os nossos representantes.

Águia já estreará seu ônibus 0 km no deslocamento a Belém para jogo diante do Remo.

FPF sugerindo jogos da 9ª rodada dias 31.7 e 1.8, enquanto a 10a seria toda no dia 4.8. Isso daria mais folga aos clubes para o Brasileiro, semifinais e finais do Parazão e ainda Copa Verde.

Este Parazão da pandemia tem um sabor especial para Remo e Paysandu: o Leão poderá se igualar ao rival em títulos ou o Papão se distanciar em duas conquistas. No momento 47×46.

Curiosidade: O “Cartaz Esportivo”, da Rádio Clube do Pará (1939), é o 2º programa esportivo mais antigo do Brasil. 1º é “No Mundo da Bola”, da Rádio Nacional-RJ, criado em 1930.

Antes do fechamento do Mangueirão (obras), RexPa pela Série C; Carajás terá apenas 12 atletas para reta final do Parazão; Paysandu emitiu nota de pesar pelo falecimento de Dona Glória Mendes, mãe de Lecheva.

PITACO

Paulinho Corrêa (foto), é o presidente em exercício que vem conduzindo muito bem o Bragantino. Funcionário público, Gestor escolar e de futebol, 11 anos no Tubarão e conselheiro.