O UFC Belém promete grandes lutas no próximo sábado (3), no ginásio Mangueirinho. Com 18 vitórias e seis derrotas, o americano Joe Soto é uma das atrações do UFC Belém e terá como adversário o paraense Iuri Marajó pela divisão dos Galos (61 kg). Soto vai em busca de recuperação, assim como o adversário. É que o americano de 30 anos emplacou três vitórias seguidas, entretanto, foi superado por Brett Johns, por finalização, no TUF 26 Finale, em seu combate mais recente.

Sete anos mais novo que o paraense, Joe Soto tem 24 lutas na carreira. O americano já disputou o cinturão da categoria contra o então – e hoje novamente – campeão, T.J. Dillashaw, no UFC 177, quando Renan Barão, que faria a luta, teve problemas no corte de peso e teve de deixar o evento.


Soto começou nas artes marciais mistas após encontrar outro lutador e aceitar treinar com ele na garagem de casa e fez sua primeira luta no Gladiator Challenge, vencendo na metade do primeiro round por nocaute técnico. O atleta tem um apelido curioso: “One Bad Mofo”, que significa uma pessoa que transpira frieza, é perigosa, e leva isso a todos os aspectos da sua vida, criando uma reputação lendária.

O evento em Belém também traz outras estrelas, entre eles Lyoto Machida, Eryk Anders, John Dodson e Pedro Munhoz, que estarão no início da tarde de hoje realizando um treino aberto no Shopping Boulevard, ao lado ainda de Valentina Shevchenko e Priscila Pedrita. Essa é a primeira oportunidade para os fãs desse esporte na capital encontrarem com ídolos do UFC.

(Diário do Pará)