O técnico Jair Ventura considerou injusta a derrota do Botafogo para o Santos, no Pacaembu, por 1 a 0, na noite desta quarta-feira. Para o treinador, sua equipe foi melhor durante quase toda a partida e acabou castigado com gol nos acréscimos.

“Fica aquela dor de cotovelo. Tivemos as chances mais claras”, lamentou o comandante, que também comentou a série de lesões que vêm atrapalhando o clube. Ele definiu que usará as categorias de base com mais frequência.

Depois de dois meses se recuperando de lesão, o meia Montillo voltou a defender o Botafogo em jogo oficial, entrando no segundo tempo da partida contra o Santos. Em entrevista ao canalPremiere, o argentino reconheceu que encontrou dificuldades por causa da falta de ritmo de jogo e lamentou que o Botafogo tenha perdido a partida.


“O Campeonato Brasileiro é muito difícil. E não tivemos sorte na última bola”, enfatizou o atleta, que também demonstrou confiança na força do clube: “Temos que seguir trabalhando porque, às vezes, o futebol é injusto. O time do Botafogo é forte e não tenho dúvidas de que a gente vai reagir”.

Troca com o Corinthians

A diretoria do Botafogo segue conversando com o Corinthians sobre o empréstimo do atacante Luciano, que voltou recentemente do Leganés, da Espanha. Os dirigentes paulistas querem incluir o zagueiro Emerson Santos no acordo.

Aos 22 anos, o defensor é revelação da base botafoguense e foi um dos destaques da equipe no ano passado. Porém, o atleta ainda não chegou a um acordo para a renovação, e os dois clubes esperam fechar o acordo ainda nesta semana.

Fonte: Gazeta Esportiva