No dia em que o Pará iniciou a vacina contra a covid-19, o Gavião Kyikateje entrou para a história do futebol brasileiro, ao ter seis atletas vacinados contra o vírus, nesta terça-feira (19), na aldeia localizada próximo a Marabá, sudeste do estado.

Os jogadores Soiti, Amji, Japenne, Kre, Wrias e Krytyi receberam a primeira dose da vacina hoje pela manhã com muita festa na aldeia, que ainda festeja o acesso para a elite do Campeonato Paraense.

“A vacina foi tranquila, vejo algumas pessoas com medo de tomar por coonta de várias histórias que não são verdadeiras. Temos que ter fé que vai dar tudo certo”, afirma o lateral Soiti.


Em meio a vacinação, o jogador informou que os treinamentos para o Campeonato Paraense começam a partir da próxima semana.

“Os treinos vão começar a partir desta semana visando o Paraense, mas acredito que todos estarão fazendo treinamentos em casa”, afirma.

Além deles, a aldeia viu a senhora Roñore Pahynti, de 105 anos, mãe do treinador Zeca Gavião ser a primeira indígena do estado a se vacinar contra o novo coronavírus, sendo que os povos indígenas estão nos grupos de prioridade para a campanha de vacinação no Pará.

(DOL)