O Paysandu sofre novas ações no Tribunal de Justiça do Trabalho após três ex-jogadores levarem o clube a casa do Índio.
Com passagem pelo Papão em 2018, o volante paraguaio Cáceres acionou o seu ex-clube e ganhou a causa no valor de R$ 114 mil após decisão publicada pelo juiz Jemmy Cristiano Madureira.

Depois disso, o lateral esquerdo Bruno Oliveira cobra do Paysandu o valor de R$ 36 mil do clube após sua passagem na temporada 2019.


Quem também resolveu entrar na justiça contra o Papão foi o meia Leandro Lima, que cobra do clube R$ 211 mil. O caso está em andamento e assim como do lateral Bruno Oliveira, não há uma data para audiência de conciliação.

Na última semana, o ex-atacante bicolor Bruno Veiga ganhou uma ação no valor de R$ 510 mil em cima do clube alviceleste.

(DOL)