Deu a lógica no treino classificatório do Grande Prêmio do Bahrein. Neste sábado, depois de dominar os três treinos livres, a Ferrari confirmou o ritmo forte e colocou seus dois carros na primeira fila do grid. E será Charles Leclerc, o menino prodígio da escuderia italiana, que irá largar na pole position, a primeira dele na Fórmula 1.

Com direito a recorde da pista e tempo de 1min27s866, o piloto de 21 anos superou seu companheiro Sebastian Vettel por 0s238 e se tornou o piloto mais jovem da história da Ferrari a conseguir a ponta do grid, sendo o segundo mais jovem da F1. Além disso, Leclerc é também o primeiro monegasco a largar na pole.

Lewis Hamilton e Valtteri Bottas mostraram que a diferença entre Ferrari e Mercedes não era assim tão grande quanto aparentou nos treinos livres, mas mesmo assim, não conseguiram superar os adversários. O pentacampeão largará na terceira colocação, logo na frente de seu companheiro finlandês.

Destaque também para a Haas e McLaren, que conseguiram colocar seus dois carros entre os 10 primeiros colocados.

Q1 – Norris surpreende e Hulkenberg fora


Assim como em todos os treinos livres anteriores, a Ferrari liderou o Q1. E mais uma vez, Charles Leclerc levou a melhor sobre seu companheiro Sebastian Vettel, por 0s2. Em terceiro, ficou a Mercedes do pentacampeão, Lewis Hamilton, 0s7 atrás do monegasco.

A primeira parte do treino teve dois destaques: um positivo e um negativos. Do lado positivo, a jovem promessa Lando Norris surpreendeu e superou Valtteri Bottas, se colocando entre as Mercedes e ficando na quarta colocação.

Por outro lado, Nico Hulkerberg surpreendeu negativamente, terminando em 17º lugar e ficando de fora do Q2. Vale lembrar que o alemão chegou a colocar a Renault na quinta colocação no treino livre de sexta-feira. Na 15ª posição, Kimi Raikkonen escapou por pouco.

Sem nenhuma surpresa, porém, a Williams terminou nas duas últimas colocações, com George Russell em 19º lugar e Robert Kubica na lanterna.

Q2 – Ricciardo fora e duas McLaren no top 10

Na ponta, nada de novo. Leclerc foi novamente o mais rápido, liderando mais uma dobradinha da Ferrari. Desta vez, porém, a diferença entre ele e Vettel subiu um pouco, indo para 0s3. Por outro lado, Hamilton manteve a terceira posição e ainda diminuiu a diferença para 0s5.

Desta vez, Bottas se impôs e garantiu a quarta colocação, enquanto Norris não repetiu o desempenho e terminou em nono lugar. Mas, por outro lado, a McLaren, com Sainz em sétimo, conseguiu levar seus carros ao Q3.

O destaque negativo foi a Renault. Depois de Hulkenberg, Daniel Ricciardo também não conseguiu colocar seu carro entre os 10 primeiros e vai largar na 11ª posição.

Confira o grid completo:

(Foto: Reprodução/Twitter)

Fonte: Gazeta Esportiva