Lucca nega sensação especial por marcar gol em cima do Corinthians

O atacante Lucca comemorou muito o gol de falta que marcou no empate por 1 a 1 entre Ponte Preta e Corinthians, neste domingo, no Moisés Lucarelli – apesar de ter contrato válido até julho de 2019 com o clube do Parque São Jorge, que o emprestou ao time de Campinas nesta temporada.

 

“Não tive (sensação especial por vazar o Corinthians). Todos sabem que tenho um respeito muito grande. Comemorei porque é muito difícil fazer um gol. A gente tem que comemorar mesmo. Mas o meu respeito continua”, discursou Lucca.


 

Contestado por torcedores do Corinthians em 2016 (assim como a maior parte do elenco) após ter participações importantes na conquista do Campeonato Brasileiro de 2015, Lucca achou melhor recuperar o seu espaço no futebol na Ponte Preta. Se estivesse sob o comando de Fábio Carille, ele teria uma série de concorrentes por um espaço como ponta – Jadson, Romero, Léo Jabá, Marlone, Giovanni Augusto, Marquinhos Gabriel, Pedrinho, Bruno Paulo, Luidy e Stiven Mendoza, por exemplo.

 

“Tive uma conversa com o Lucca antes de ele sair. Pedi que ele ficasse para brigar pela opção, mas foi opção dele e do seu empresário aceitar a proposta da Ponte”, contou Carille, torcendo pelo sucesso do atacante. “É bom que ele faça um bom ano porque é nosso e existe a perspectiva de voltar para o Corinthians.”

 

 

Além de Lucca, a Ponte tem em seu elenco o zagueiro Yago, outro atleta vinculado ao Corinthians. No ano passado, o prata da casa Maycon foi mais um que passou pela equipe de Campinas. Hoje, o volante é titular do time de Fábio Carille.

 

Fonte: Gazeta Esportiva