Enquanto a diretoria busca realizar acordos com jogadores, os torcedores do Remo andam nada satisfeitos com a administração do presidente Manoel Ribeiro.

Prova disso é de que há uma mobilização nas redes sociais para um novo protesto na próxima segunda-feira (25), em frente à sede social do clube, no bairro de Nazaré.


A eliminação do time na Série C e a gestão do atual presidente são alguns dos motivos para que os azulinos mostrem seu descontentamento com o atual dirigente, que apesar disso não irá entregar o cargo.

No seu primeiro ano à frente do Remo no biênio 2017/18, Manoel Ribeiro não conquistou um título e amargou fracassos nas competições nacionais.

(DOL)