A poucos dias da retomada do Campeonato Paraense, o técnico do Remo, Mazola Junior ainda estuda opções para o time que no domingo (2) enfrenta o Águia de Marabá no estádio Evandro Almeida.

Sobre o time que tenta seguir rumo a semifinal, o treinador prefere não escalar a equipe titular. “São situações pendentes. Teremos treinamentos e hoje não irei comentar o time porque posso mudar o time, porém estou trabalhando com uma formação desde a primeira semana com uma estrutura tática”, afirma.

E por falar em tática, Mazola Junior justifica o excesso de volantes no elenco do Remo citando a seleção da Alemanha, campeã mundial de 2014 com um novo jeito de futebol.


“A Alemanha campeã de 2014 jogava com três volantes e um armador e isso veio o futebol moderno com formatações e variações táticas do jogo. São situações que você pode colocar ao longo do campeonato e alguns jogadores como Pingo, Warley e Lailson irão passar por uns treinos mais específico”, justifica.

As únicas certezas de Mazola para o jogo de domingo são as ausências de Keven e Djalma, que estão em tratamento no departamento médico azulino.

Na retomada do Parazão, o Remo espera vencer o Águia para selar a classificação as semifinais e a chance de mesclar jogadores entre a última rodada do certame e a estreia da Série C do Brasileirão, no dia 9 de agosto, contra a Jacuipense-BA.

(DOL)