De volta ao Brasil, o Vasco trouxe na bagagem a sua classificação para a fase de grupos da Libertadores. Em jogo nada fácil para cardíacos, o time do Rio de Janeiro passou pelo Jorge Wilstermann (BOL), cobrando pênaltis. O lateral Yago Pikachu teve dificuldades na derrota de 4 a 0, no tempo normal, mas se redimiu com um belíssimo pênalti, garantindo a classificação vascaína.

“Libertadores é uma competição de mata-mata então a gente fez o dever de casa no primeiro jogo, conseguindo uma grande vantagem. Se não fosse os 4 a 0 no Brasil, ia ser muito difícil o jogo de volta, então a gente, sabe que não fez um bom jogo mas o importante é que saímos classificados.  Agora é pensar na fase de grupos, que vai ser muito mais difícil”, disse o jogador ao DOL.

No site Terra, o paraense foi denominado como “avenida”. Serginho, o camisa 10 do adversário vascaíno, deu as assistências para os quatro gols. As três primeiras foram todas realizadas pela ponta esquerda, lado que Yago, tudo antes dos 20 primeiros minutos de jogo. Essa foi a estreia do paraense na altitude, o que pode trouxe algumas dificuldades para que ele desenvolvesse seu bom futebol. “Já esperava a dificuldade de jogar na altitude, creio que querendo ou não isso pode ter prejudicado nosso rendimento dentro de campo, mas não justifica o jogo que que a gente fez. Que serva de aprendizado para todos nós. Realmente jogar na altitude é difícil, mas temos que ter uma postura muito diferente do que a gente teve para não sofrermos tanto assim”, avaliou.


Como as duas partidas foram finalizadas em 4 a 0, a decisão foi para os pênaltis. Pikachu foi preciso na sua cobrança, e porquê não falar que cobrou o pênalti mais bonito daquela noite? “A gente trabalhou a semana toda cobrança de pênaltis justamente para que quando aparecesse essa oportunidade todo mundo soubesse aproveitar. Eu tive a felicidade de bater e fazer. Martin estava em uma grande noite e conseguiu nos ajudar muito a conquistar essa vaga”, finalizou Yago.

Agora o Vasco tem um confronto pelo Campeonato Carioca. Neste domingo (24), a Portuguesa recebe o time de Pikachu, no estádio Luso-Brasileiro, na Ilha do Governador, Zona Norte do Rio de Janeiro.

(Com informações do Terra)