Narrador icônico, responsável por formar gerações de amantes do esporte e incentivador de modalidades como vôlei, futebol feminino e futebol americano, Luciano do Valle morria há exatos cinco anos. Ele passou mal durante um voo para Uberlândia (MG), onde transmitiria uma partida de futebol, e sua morte foi lembrada hoje (19) por pessoas ligadas a diferentes modalidades.

O também narrador Everaldo Marques, que trabalha na ESPN, publicou um post no Twitter e Instagram com um vídeo daquela que considera a maior transmissão de Luciano do Valle. Em diversas vezes durante a cobertura de diferentes eventos, Everaldo fez vários elogios ao companheiro de profissão, atitude que repetiu na legenda do post desta sexta-feira.

“Cinco anos sem Luciano do Valle, um dos grandes responsáveis por eu sonhar desde criança em ser um narrador esportivo. Pra mim, a maior narração da carreira dele foi esta aqui, na vitória do Emerson Fittipaldi nas 500 Milhas de Indianápolis de 1989. Eu tinha 11 anos de idade na época e chorei de soluçar vibrando com o momento. O tempo voa. VALLEU por todas as emoções, Luciano”, escreveu Everaldo.


Também da ESPN, Leonardo Bertozzi lembrou do narrador e compartilhou no Twitter uma matéria que escreveu em 2007 a respeito da Copa Pelé. Tratava-se de um torneio de futebol master organizado por Luciano do Valle que trouxe ao Brasil craques como Paolo Rossi e Franz Beckenbauer.

Outro evento que Luciano do Valle ajudou a tornar popular foi a Fórmula Indy, o que atrelou seu nome ao automobilismo. O site Grande Prêmio lembrou desta história e postou um vídeo do narrador com o piloto Tony Kanaan. Na legenda: “lembrança boa de Luciano do Valle? Temos muitas”

O narrador que partiu há cinco anos também foi grande incentivador do futebol feminino, motivo que levou a ser lembrado por atletas que não são conhecidas do grande público. A ex-jogadora Carla Índia Oliveira publicou um golaço de Martha na voz do narrador e escreveu: “muita saudade!”

(Folhapress)