No início do ano, Deiveson Figueiredo, o Deus da Guerra, conheceu o gosto amargo da derrota. Mas isso não abalou o lutador. O paraense deu a volta por cima, venceu Alexandre Pantoja, e neste sábado (12), Tim Elliott será adversário de Deiveson, no UFC Tampa, na Flórida (EUA).

 

O paraense se prepara cada dia mais para conquistar o cinturão do peso-mosca da organização. Com investimentos pessoais e sem patrocínio local, o Deus da Guerra vive para luta.

“Em Belém em questão de patrocínio é bem difícil, eu não tenho ninguém que me ajude. Montei um set de treino do meu bolso e treino focado em mim, com os melhores treinadores. Eles estudam o meu adversário e juntos objetivamos as minhas lutas”, revelou.


O adversário do paraense é veterano no UFC. Tim Elliott tem um cartel de 15 vitórias, oito derrotas e um empate. Mas vale lembrar que ele não luta desde dezembro de 2017. Na ocasião, ele venceu Mark de la Rosa por finalização.

“É um cara que faz um jogo chato, não vejo qualidade na trocarão dele. Mas claro, que não posso subestima-lo. Ele já lutou com caras bem experientes, o Demetrious Johnson. Vou fazer um lutão, será o espetáculo da noite. Meu objetivo é neutralizar e conquistar um nocaute, do jeito que o povo paraense quer ver”, contou o Deus da Guerra.

Reprodução/Facebook UFC

 

Mesmo com confiança, o paraense será cauteloso no confronto.

“Vou lutar bem calmo, vou esperar os erros dele, já que ele comete muitos. Depois disso é só aguardar a finalização”, antecipou. “Confio muito na minha equipe. Estou bem preparado, fora de lesão, sem problemas financeiros. Meu psicológico está ótimo”, acrescentou.

Deiveson Figueiredo é um representante forte no Pará no UFC, e uma realidade para buscar o cinturão. “O povo paraense é meio desacredita com a luta, mas estou aqui para fazer acreditar novamente. Eu vivo para isso, tenho uma vida de atleta. Não me divirto, treino e violto pa casa, fico com a minha família. Mas isso tudo é para um dia levar o cinturão e comemorar com o meu povo”, finalizou o Deus da Guerra.

No card premilinar, do UFC Tampa, na Flórida (EUA), o paraense enfrenta Tim Elliott, pelo peso-mosca. O primeiro combate será às 18h (horário de Brasília). Acompanhe as informações no DOL.