A segunda comissão disciplinar do Tribunal de Justiça Desportiva irá julgar, nesta quarta-feira (24), a denuncia de infração envolvendo o massagista do Paragominas, que atuou de forma irregular em jogos do Campeonato Paraense.

A denuncia envolve o profissional Ronaldo de Lima Teixeira, que foi expulso na partida contra o Independente e não cumpriu a suspensão pelo cartão vermelho, o que gerou a denúncia de irregularidade.


O julgamento será feito na sede da Federação Paraense de Futebol (FPF) e resta saber se o clube será punido com a perda de pontos ou será multado sem prejuízo na tabela de classificação.

Atualmente, o clube é o 4º colocado do Parazão 2020 com 13 pontos, dois a mais que o Águia, quinto colocado e fora do G4.

(DOL)