Paysandu evitou um vexame dentro do estádio da Curuzu, mas conseguiu o empate diante do Coritiba-PR, em 1 a 1 e agora vive situação delicada no Campeonato Brasileiro da Série B, onde amarga a vice-lanterna após o jogo deste sábado (27), em Belém.

CONFIRA COMO FOI O JOGO

No primeiro tempo, o Coritiba-PR começou assustando e logo aos seis minutos, o goleiro Renan Rocha evitou o gol Coxa-Branca após chute de Guilherme.

A partir daí, o Paysandu tomou conta das ações do jogo e assustou a defesa paranaense. Em uma das jogadas, o atacante Hugo Almeida chutou com perigo ao gol paranaense.

Ainda deu tempo do Paysandu assustar o Coritiba-PR com Willyam, que chutou forte com perigo.

Na etapa final, o panorama permaneceu com o Coxa atacante no inicio e o Paysandu respondendo, porém aos 15 minutos veio o castigo: em cruzamento na área, a bola desvia em Diego Ivo que acaba marcando gol contra. Coritiba-PR 1 a 0.

O gol deu lugar a tensão e angústia na Curuzu, onde os torcedores viam um Paysandu atrapalhado e sem poder de reação em campo. A cada jogada errada, a torcida ficava cada vez mais impaciente com a equipe.


O Paysandu pediu uma penalidade em cima de Lúcio Flávio, mas o gol veio de um volante: aos 39 minutos, Renato Augusto chutou colocado para empatar o jogo e evitar um prejuízo maior para o Papão.

Apesar da pressão, o Paysandu ainda teve dois jogadores a mais, pois o Coritiba-PR teve os jogadores Carlos Eduardo e Guilherme expulsos e apesar disso não conseguiu a virada.

Com o empate, o Paysandu agora é vice-lanterna da Série B com 33 pontos e volta a campo na próxima sexta-feira (2), contra o Vila Nova-GO, fora de casa.

VEJA OS GOLS

FICHA TÉCNICA

PAYSANDU: Renan Rocha; Maicon Silva, Diego Ivo, Perema e Fernando Timbó; Willyam (Lúcio Flávio), Renato Augusto, Felipe Guedes (Pedro Carmona) e Thomaz (Magno); Mike e Hugo Almeida.

Técnico: João Brigatti

CORITIBA-PR: Wilsono; Leandro Silva, Rafael Lima, Alan Costa e Abner; Vitor Carvalho, Simião, Guilherme (Willian Correa) e Jean Carlos (Carlos Eduardo); Guilherme Parede e Alecsandro (Bruno Moraes).

Técnico: Argel Furcks

ÁRBITRO: Vinicius Furlan (SP)

ASSISTENTES: Herman Brumel Vani e Vitor Carmona Metestaine

CARTÕES AMARELOS: Diego Ivo e Guilherme Teixeira (PSC); Guilherme Parede (CTB)

CARTÕES VERMELHOS: Carlos Eduardo e Guilherme Parede (CTB)

RENDA: R$ 79.645,00

PÚBLICO PAGANTE: 4.613

PÚBLICO TOTAL: 5.863

LOCAL: estádio Leônidas Castro / Belém (PA)

(Diego Beckman/DOL)