Depois de receber recursos financeiros da negociação de Pablo no futebol português, o Paysandu volta a lucrar com jogadores criados nas divisões de base. Agora foi com o atacante Leandro Carvalho, que retornou ao Ceará-CE.

Por meio de comunicado, o clube bicolor recebeu R$ 600 mil, valor que corresponde em parte ao que o Papão tem direito dos R$ 3 milhões na negociação do Vozão com o Botafogo-RJ.


O Paysandu ainda tentou negociar o jogador com o futebol da Ásia, o que poderia render quase R$ 5 milhões aos bicolores, porém a vontade do atacante foi maior e decidiu pelo Alvinegro de Porangabuçu.

Agora com 30% dos direitos do jogador, o Paysandu poderá lucrar com negociações futuras pelo jogador revelado na base em 2014 e apesar de boas atuações em campo, o jogador foi liberado do clube por problemas fora das quatro linhas.

  • (DOL)