Paysandu Sport Club foi condenado pela Justiça do Trabalho de Belém, em 1ª instância, nesta segunda-feira (18), a pagar R$ 249.148,01 ao ex-zagueiro do time, Diego Ivo. A sentença ainda cabe recurso ao Tribunal Regional do Trabalho (TRT).

Diego processou o clube pelo atraso nos pagamentos de salários (Outubro e Novembro), a incorporação do contrato de imagem como remuneração, FGTS, férias, 13º salário e multa do artigo 477 da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) . No último dia 4 de novembro (segunda-feira), uma audiência já havia sido realizada entre o zagueiro e o time na tentativa de um possível acordo, porém sem sucesso.


Anteriormente o clube havia pago três das nove parcelas que foram negociadas em um acordo extrajudicial, entretanto a juíza da 7ª vara do trabalho declarou nulo o citado acordo.

Diego fez parte do time nos anos de 2017, quando fez 17 jogos e marcou dois gols, e 2018, com 43 partidas e cinco gols.

(Diário Online)