O jogo do próximo domingo (10), diante do São Francisco, no estádio Barbalhão, terá um atrativo a mais para um jogador em especial do elenco do Paysandu: Elielton. O atacante iniciou a carreira em Santarém e justamente com a camisa azulina do São Francisco. Ele admitiu que o retorno a cidade terá uma grande importância para ele, mas que agora pensa somente nas cores que defende.

“Vou estar muito feliz em estar próximo à minha família, meus amigos e onde comecei minha carreira. O São Francisco passa por um momento difícil na competição, mas meu foco está no Paysandu. Espero poder ajudar o nosso time a dar sequência na competição”, confirmou Elielton, que deixou claro que se finalmente chegar ao primeiro gol pelo Papão, não se furtará a comemorar contra o ex-time.

“O gol é um momento especial para qualquer jogador. Se sair nesse fim de semana eu, com certeza, vou comemorar. Tenho um grande respeito pelo São Francisco, mas será um momento muito importante para mim”.


Elielton mostrou resignação quanto ao “não carnaval bicolor”, com o elenco treinando quase todos os dias. Para ele, algo normal. “Nosso carnaval é de treino. Prefiro ficar em casa com minha família. Muita gente gosta de brincar, mas aqui ninguém vai passar dos limites. Temos feito nosso papel dentro de casa, mas é importante também buscar somar fora”.

Titular na rodada passada, diante do Bragantino, o atacante reconhece que a disputa em seu setor é das mais acirradas dentro do elenco. O que, garante ele, não o desanima na busca pelo espaço. “Procuro meu espaço no dia a dia para que possa vir a ser titular. Todos se respeitam aqui e procuram dar ao máximo para estarem à disposição”.

Volante bicolor viaja para conhecer o filho

Um dos principais destaques do Paysandu nesse início de temporada, o volante Marcos Antônio foi um dos poucos que deixou Belém nesse período de carnaval. Não que ao ir a Maceió (AL) ele tenha aproveitado o carnaval na capital nordestina, mas a ida teve um motivo de grande alegria. Sai a festa de momo, entra a festa pelo nascimento do filho. Pai de uma menina, agora ele tem também Samuel. Ele deixou Belém ainda na sexta-feira, enquanto que os companheiros treinaram até no sábado, para a licença-paternidade. Tudo sob o consentimento da diretoria e da comissão técnica.

Como o Paysandu volta a campo somente no próximo domingo contra o São Francisco, em Santarém, Marcos Antônio provavelmente estará em campo e entre os titulares e os dias ao lado da família e longe dos treinos não trarão prejuízo a ele, embora admita que ainda está atrás do melhor condicionamento físico. “Sempre faço um trabalho extra para estar bem fisicamente. Esses dias estão sendo muito bons para mim e para o elenco, para a gente ajustar o que ainda está faltando”, diz.

(Tylon Maués/Diário do Pará)