Barcelona confirma operação realizada no joelho de Rafinha, que ficará fora por seis meses (Foto: Reprodução)

O meia brasileiro Rafinha foi operado com sucesso de sua ruptura no ligamento cruzado do joelho, informou nesta terça-feira o Barcelona. O clube ainda projetou seis meses de recuperação para o atleta, que sofreu a lesão no dia 24 de novembro diante do Atlético de Madrid.

“Jogador da primeira equipe, Rafinha teve os ligamentos de seu joelho esquerdo operados com sucesso. A intervenção foi realizada pelo Dr. Ramon Cugat sob a supervisão dos serviços médicos do clube. Ele ficará fora dos gramados por aproximadamente seis meses”, diz o comunicado.


O brasileiro disputou quatro partidas do Campeonato Espanhol, duas partidas da Liga dos Campeões e uma Supercopa da Espanha nesta temporada. O Barça ainda lembrou que este não foi o primeiro revés sofrido por Rafinha, que sofreu uma contusão em setembro de 2015 contra a Roma, mas no joelho direito, que o fez perder 202 dias de atuação. Em abril de 2017 ele também se lesionou, contra o Granada, e se ausentou por 290 dias. Na ocasião, uma artroscopia foi aplicada no joelho direito para resolver o problema do menisco interno.

Com os seis meses de recuperação, Rafinha corre sério risco de ficar de fora da convocação de Tite para a Copa América, a ser realizada no Brasil em junho de 2019. Ele vinha sendo convocado para os amistosos da Seleção deste ano, pós-Copa do Mundo.

O post Rafinha opera joelho e desfalca Barcelona e Seleção por seis meses apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Fonte: Gazeta Esportiva