O clássico entre Paysandu X Remo deste domingo (2) mostrará o parâmetro dos times no início da temporada e mais do que isso: um ficará à frente do rival em um dado histórico do clássico.

Na história do Superclássico da Amazônia, Papão e Leão anotaram cada um 961 gols em 759 partidas, uma média de 2,5 por jogo. Os gols anotados ficaram exatamente iguais após o último clássico realizado em janeiro deste ano, quando o Remo venceu por 1 a 0 pelo Campeonato Brasileiro da Série C.


Em caso de vitória de uma das duas equipes, o vencedor do Re-Pa também ficará à frente na competição e no critério de quem mais vezes balançou a rede na história do Re-Pa.

O capítulo de número 760 do clássico terá cobertura especial do DOL a partir das 16h.

(DOL)